Fies – inscrição, regras e classificação

Após a divulgação dos resultados do Enem os estudantes podem começar a se preparar para a inscrição no Fies, Fundo de Financiamento Estudantil. Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o programa financia cursos de graduação superior em faculdades avaliadas positivamente no Sinaes – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. As inscrições devem ser feitas via internet até a próxima sexta-feira, dia 29. O Fies foi criado pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001. Junto do ProUni (Programa Universidade para Todos), o programa trabalha na democratização do acesso e permanência ao ensino superior do país. Não é cobrado nenhum valor correspondente a taxa de inscrição para participar do processo seletivo.

Inscrição no Fies

Quem pode fazer? Para participar do processo de seleção, o estudante precisa se encaixar nas regras do Fies, que são as seguintes:

  • Não ter concluído curso superior;
  • Ter renda familiar mensal bruta de até dois salários mínimos e meio, por pessoa;
  • Ter participado de alguma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, tendo atingido nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota maior do que zero na redação.

O programa ainda permite que os estudantes que não participaram do Enem se inscrevam, desde que obedeça a uma das situações:

  • Ter concluído o ensino médio antes de 2010;
  • Ser professor da educação básica, em pleno exercício do cargo em escolas públicas, com interesse em concorrer a financiamentos em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Apenas nesse caso, é permitido participar professores que já concluíram o curso superior.

Como se inscrever no Fies

Para fazer inscrição no Fies, o candidato precisa efetuar seu cadastro no Fies seleção, acessível no site http://fiesselecao.mec.gov.br/. No primeiro acesso, é necessário informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e a data de nascimento. Assim, o sistema fará uma verificação automática do aproveitamento do candidato no Enem. Caso o participante não tenha feito as provas, por ter concluído o ensino médio antes de 2010, é necessário informar o ano de conclusão escolar. Se o candidato for professor, basta informar a profissão.

Durante o cadastro no Fies, é preciso cadastrar uma senha pessoal, que será utilizada em todo o processo seletivo, além de um endereço de e-mail válido. Após isso, é enviado ao estudante, via e-mail, um link para ativação do cadastro. Feito isso, basta voltar ao site do Fies seleção, clicar no link “Já sou cadastrado” e informar o CPF e a senha.




No novo acesso, o estudante deve informar o CPF de todos os membros da família com idade de até 14 anos, as respectivas datas de nascimento e a renda familiar bruta mensal de cada um dos membros. A inscrição do Fies é concluída após o estudante escolher um curso e o turno dentre as opções.

Havendo igualdade nas notas dos candidatos de mesmos cursos, os critérios de desempate do Fies serão os seguintes:

  1. Conclusão do ensino médio em escola pública;
  2. Estudante autodeclarado preto, pardo ou indígena, ou pessoa com deficiência;
  3. Professor de magistério da educação básica da rede pública;
  4. Estudante com menor renda familiar mensal.

O resultado do Fies 2016 será divulgado no site do programa e nas próprias instituições de ensino participantes. Na mesma data será aberta a oportunidade da lista de espera, oferecendo oportunidades para aquelas vagas que não forem preenchidas regularmente.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *