Como cuidar das pernas e pés

Saúde e Beleza
agosto 21, 2014

Um andar correto depende muito da saúde das pernas e dos pés. Quando eles estão em ordem, toda a postura do corpo melhora. Passar algumas horas ao ar livre, praticando esporte ou simplesmente andando, ainda é a melhor maneira de manter as pernas e os pés saudáveis e bonitos. Mas, se não houver tempo para a prática de esporte, é fundamental buscar outras maneiras de exercitar as pernas: subir escadas, por exemplo, nunca deve ser evitado. Cada degrau significa ginástica e deve ser subido da seguinte maneira: primeiro, apóia-se a ponta dos pés; depois, o calcanhar. Uma outra maneira de exercitar as pernas é andar bastante; uma boa caminhada é um hábito a ser cultivado.

pernas-torneadas-cor

COMO RELAXAR AS PERNAS

Depois de um passeio ou de um dia de trabalho, pòde-se sentir as pernas pesadas e doloridas. É hora de relaxar. Isto pode ser conseguido com banhos alternados de água fria e quente, terminando sempre a operação com água fria. Em seguida, deve-se aplicar um creme refrescante, passado com a palma das mãos, com movimentos de baixo para cima, das pontas dos pés até os quadris. Depois, é aconselhável deitar e repousar as pernas sobre dois travesseiros, relaxando pelo menos durante meia hora. No caso de haver varizes, qualquer tipo de massagem deve ser evitado.

Para revigorar os tecidos e deixar a pele macia, a escova seca é um produto de beleza barato e eficiente. Ela permite massagens vigorosas, partindo das pontas dos pés em direção aos joelhos e depois até chegar aos quadris. Este tipo de massagem dissolve as gordurinhas excessivas, descansa, refresca e remove as células mortas e ressecadas. Outra boa medida: esfregar as pernas após o banho com uma toalha felpuda ou fazer uma massagem nas pernas e pés com óleo especial para o corpo.

Os joelhos precisam de um tratamento cuidadoso. Quando estiverem ressecados, com a pele grossa e áspera, deve-se fazer uma massagem com luva de bucha ou escova para reativar a circulação. Depois, completar a massagem usando óleo ou um creme gorduroso, em movimentos circulares. Se a parte posterior do joelho estiver flácida e enrugada, é indicado fazer o seguinte
exercício:

1)  Sentar-se, com as pernas ligeiramente para a frente, bem relaxadas.
2)  Beliscar toda a região posterior dos joelhos com os dedos bem untados de creme.
3)  Jogar as pernas energicamente para a frente e para trás.

Se houver pelos supérfluos, a depilação pode ser feita com lâminas de barbear, lixa ou ceras depilatórias. Terminada a depilação, convém passar um creme ou leite de beleza em toda a perna.

ALGUNS DEFEITOS PODEM SER CORRIGIDOS

Os defeitos mais comuns e também mais simples de corrigir são as pernas muito finas ou muito grossas. Geralmente, a magreza das pernas corresponde ao resto do corpo. Neste caso, um regime para engordar pode ser a solução. Mas, se houver uma grande desproporção entre as pernas e o tronco, pode-se tentar estes exercícios:

1) Pular corda. Primeiro, com as duas pernas juntas; depois, alternando as pernas.
2)  Andar sem sair do lugar. Para reforçar a musculatura das pernas, dar cinquenta passos falsos.
3)  Nadar ou andar de bicicleta. Estes exercícios podem ser feitos
em casa mesmo, “nadando” sobre a mesa ou “pedalando”, deitada no chão, com as pernas para cima.
No caso de pernas exagerada-mente grossas, existem alguns truques para disfarçar ou diminuir este problema:
1)  Evitar chamar a atenção para as pernas   não usando meias três quartos ou de cores muito vivas. Meias de seda, lisas, sem desenhos, nem bordados, de cores escuras, são ideais.
2)  Usar sapatos de saltos retos e grossos. Os saltos finos darão impressão de que as pernas são ainda mais grossas.
3)  Não cruzar as pernas quando estiver sentada: isso, além de prejudicar a circulação, permite a formação de gordura nas coxas.
4)  Praticar   esportes,   principalmente natação e tênis.

COMO TRATAR OS PÉS

Os pés também pedem uma massagem, de manhã e à noite, com um creme especial, aplicado com as palmas das mãos, em movimentos circulares. Esta massagem deve começar pelo arco do pé, indo em direção à sola, subindo pelo tornozelo até as coxas. A calosidade nos calcanhares e solas dos pés devem ser tratadas com pedra-pomes durante o banho. Depois, é aconselhável aplicar um creme gorduroso para evitar o ressecamento da pele.

Menos fácil de tratar em casa e que exige atenção especial são os calos e joanetes. Os calos podem ser de dois tipos: os indolores, resultado de pequenos acúmulos de pele endurecida. Neste caso, basta colocar um esparadrapo especial, à venda nas farmácias, bem no centro do calo, apertando bem. Após alguns dias, ele pode ser retirado facilmente. Mas, atenção: o calo nunca deve ser cortado, o que pode provocar uma grave infecção. O segundo tipo de calo é mais difícil de tratar. Ele provoca dor e é inútil raspar ou lixar a pele. Só um dermatologista poderá extirpá-lo com o devido cuidado. Os joanetes também pedem a atenção de um ortopedista.

Além da higiene diária, é importante uma vez por semana dedicar 30 minutos para manter a beleza dos pés. Deve-se começar mergulhando os pés em água quente, misturada com um preparado para amolecer calosidades. Esfregar pedra-pomes nos lugares onde a pele estiver grossa. Depois, secar bem os pés, cortar as unhas com alicate próprio. O corte deve ser reto, quadrado, para evitar unhas encravadas. Para lixar, é preferível usar lixas de papelão, suavizando o contorno das unhas.

Para tirar a cutícula é necessário usar um bastãozinho de laranjeira, enrolado em algodão. Se a cutícula estiver muito endurecida, pode-se usar um removedor de cutícula que atua depois de 5 minutos. Todas as pelinhas que ficarem levantadas devem ser retiradas com uma tesourinha ou alicate de cutícula. Para remover a sujeira que fica sob as unhas, usa-se uma espátula apropriada, com cuidado para não machucar. Depois pode-se colocar chumaços de algodão entre os dedos, ou espuma de borracha, preparando-se as unhas com uma base para depois receber o esmalte. Para que as unhas fiquem brilhantes, é necessário esperar que a segunda camada de esmalte seque bem. Só então se pode passar uma terceira camada de esmalte incolor. E os pés estarão bonitos e bem cuidados.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply