Como comprar e posicionar camas na casa

Blog
fevereiro 15, 2017

Em metal policio ou esmaltado, em madeira encerada ou laqueada, devem ser antes de tudo muito práticas e fáceis de arrumar. Originalmente, a cama não passava de um simples acolchoado, colocado diretamente sobre o chão. Entretanto, a necessidade de limpeza fez com que o homem criasse camas altas, com estranhos cortinados, na tentativa de conseguir maior segurança e proteção contra insetos. O tempo passou, surgiram as cabeceiras e a cama atingiu, até meados do século passado, proporções, luxo e refinamento nunca anteriormente apresentados.

A CAMA ATUAL

Mais preocupadas com as coisas práticas, atualmente as pessoas preferem camas bem simples e que ocupam pouco espaço no dormitório. São exemplos disso: a cama turca, que nada mais é do que um estrado com pés; o divã, espécie de sofá que pode ser transformado em leito; os beliches, que permitem ampliar convenientemente o espaço de circulação, além de acomodar duas pessoas; os bileitos, que são sobrepostos e ocupam também o lugar de uma só cama, visualmente menos pesados que o beliche e as camas de casal, encaixadas em nichos (formados, algumas vezes, por armários embutidos). São ideais, particularmente, para pequenos apartamentos onde o clássico leito matrimonial ocuparia muito espaço, aproveitando melhor as dimensões do quarto. As outras soluções para economizar espaço — camas dobráveis, poltronas-cama e sofás-cama — são deixadas em segundo plano porque dão muito trabalho para arrumar na hora de dormir.

Por outro lado, as mesas de cabeceira devem fazer, de preferência, parte da própria cama, eliminando assim as desvantagens dos criados-mudos, que atrapalham quando se pretende arrumar a cama e ocupam um espaço muito maior.

Acompanhando toda a extensão da cabeceira, esses apoios podem ser construídos em forma de prateleiras ou mesmo armários com portas levadiças, que são aproveitados para guardar remédios, livros, lenços, rádio, etc.

Deve-se lembrar que, como qualquer outro móvel, as camas muito trabalhadas e com elementos e entalhes decorativos supérfluos só servem para acumular poeira e dificultar bastante a limpeza. Por isso, o melhor enfeite ainda é aquele que resulta de um bom acabamento, com materiais bem resistentes e bonitos. Por exemplo: cabeceira e peseira estofadas em tecido resistente, algodão cru, lonita ou couro bem esticados, evitando-se todos os tipo de franzidos, ou então em madeira encerada ou laqueada, que alegra e dá colorido ao quarto, ou ainda em metal polido ou esmaltado.

A IMPORTÂNCIA DA LOCALIZAÇÃO

Da mesma maneira, uma velha cama artesanal só deve ser usada se não sacrificar o espaço, nem prejudicar o conforto.

Convém também saber que a melhor localização do quarto é aquela que lhe permite receber, todos os dias, os primeiros raios de sol. Por sua vez, a cama deve ser colocada paralelamente, ou então de frente para a janela. Encostá-la na parede onde se encontra a janela pode ser uma outra solução.

Entretanto, é preciso levar em consideração que as paredes externas do quarto ficam mais expostas às diferenças de temperatura e umidade.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply