Catarata – causas, sintomas e tratamento

Saúde e Beleza
março 16, 2013

Este é um artigo escrito na forma de perguntas e respostas cujo tema é a catarata, problema comum no Brasil por vários motivos. Leia-o com atenção e procure um médico caso apresente algum dos sintomas mencionados.

  • A que se chama de catarata?

Chama-se catarata a opacidade do cristalino, que é um corpo lenticular, transparente e biconvexo localizado atrás da íris e cuja função é a de servir de lente para o olho.

  • Qual é a sua origem?

As cataratas podem ser congênitas; sendo na maioria dos casos adquiridas.

  • Quais são as principais causas que dão lugar às cataratas congénitas?

As cataratas congénitas se devem à alteração do cristalino durante o período embrionário, seja por defeito hereditário ou por reação inflamatória. A rubéola é a doença que mais frequentemente produz catarata no feto, especialmente se a mãe a contrai nos primeiros meses de gravidez.

  • Quais são as causas das cataratas adquiri-das?

As causas mais frequentes das cataratas adquiridas são: a degeneração senil, queimaduras, irradiações de raio X e infravermelho; as doenças endócrinas (especialmente o diabetes), intoxicações com certos inseticidas (como o paradiclorobenzeno) ou com corticosteroides, doenças e anomalias oculares graves (iridociclite, glaucoma, miopia avançada, tumor intraocular, desprendimento da retina) e os traumatismos oculares (contusão ou ferida no globo ocular).

  • Que sintomas apresenta?

Primeiro se produz uma diminuição da visão, o paciente vê pontos e manchas escuras no seu campo visual. Às vezes há diplopia. Geralmente é possível perceber uma opacidade branca no centro do olho.

  • É dolorosa?

A catarata não causa dor nem avermelhamento dos olhos.

  • Fala-se que a visão melhora com o desenvolvimento da catarata…

É uma ideia errónea. O que acontece é que no início produz-se uma miopia compensadora, na qual o doente não necessita mais de seus óculos para ler. No entanto, a visão à distância piora.

  • A nitidez da visão está relacionada com a quantidade de luz? Ou seja, o doente com catarata vê mais de dia do que de noite?

Isso vai depender da localização da catarata. Sua localização no centro ou na periferia é que vai influenciar a capacidade de visão com a quantidade de luz. No caso de ser central, a visão é melhor à noite; se a catarata for periférica, é melhor de dia.

  • O uso de óculos escuros melhora a visão?

Os óculos criam uma condição de luz semelhante à da noite, portanto só melhorará a visão nos casos de catarata centrai.

  • Piora com o tempo?

As congênitas são estacionárias; as cataratas adquiridas senis são progressivas, aumentando conforme a idade.

  • Em que idade começa a manifestar-se a catarata senil?

A catarata senil, que é a mais frequente, costuma iniciar-se por volta dos 50 anos, podendo começar antes.

  • Como se diagnostica?

O diagnóstico não se baseia na simples observação visual da opacidade do cristalino, e sim através de um exame de olho utilizando um oftalmoscópio ou um biomicroscópio. O instrumental adequado permite descobrir a opacidade, já que podem existir graus leves com sintomatologia, mas imperceptíveis a olho nu.

  • É possível prevenir ou curar uma catarata?

É impossível, já que não existe nenhum medicamento

  • Deve-se operar uma catarata?

A intervenção cirúrgica é o único meio de melhorar significativamente a visão.

  • Em que consiste a operação?

É uma extirpação total ou parcial do cristalino através de pinças ou aparelhos de sucção. Nas cataratas congênitas se faz uma incisão, ou seja, provoca-se sua absorção pelo humor aquoso através da incisão ou fragmentação da membrana periférica que envolve o cristalino.

  • Quando se deve?

Quando é progressiva. Até pouco tempo se intervinha só quando era bilateral e estava madura, ou seja, esperava-se que a catarata afetasse ambos os olhos e que o cristalino se convertesse totalmente opaco para separá-lo de sua cápsula. Atualmente, quanto antes se opera, melhor, a não ser que exista uma contra-indicação expressa, para conservar a visão no melhor estado possível.

  • A idade avançada impossibilita a operação?

No caso de não existir nenhuma contra-indicação, a idade não é impedimento.

  • A operação dá resultados satisfatórios?

A visão melhora substancialmente em 90 por cento dos casos, sempre quando a catarata não está associada à outra doença ocular.

  • E se existirem contra-indicações?

Pode-se substituir o tratamento cirúrgico pelo uso de lentes de contato.

  • O que tem de ser feito após a extirpação da catarata?

O olho privado de sua lente( cristalino) não pode focar; perdendo sua capacidade de transformação, torna-se hipermétrope e astigmático. Para superar estes defeitos é necessário o uso de óculos especiais, grossos e pesados, ou uso destas lentes de pontato. O uso destas lentes é especialmente indicado para os indivíduos que foram operados de um olho só, os quais têm sua visão de relevo alterada.

Outros textos sobre problemas nos olhos você poderá ler no site Saúde e Beleza.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply