Cachaça – drinks, dicas e truques

Receitas
fevereiro 23, 2013

Com dezenas de nomes diferentes em todo o país, a cachaça é bebida tipicamente brasileira, ótima para se tomar antes das refeições.

A cachaça foi uma consequência da industrialização da cana-de-açúcar, iniciada pelos portugueses no Brasil em 1540.

Nos engenhos, o líquido que sobrava da produção do açúcar era destinado aos animais e aos escravos negros. Muitos desses escravos passaram a guardar o líquido até que azedasse: achavam que era a melhor maneira de bebê-lo, pois alegrava as pessoas.

Como os portugueses só bebiam vinho, a cachaça tornou-se uma bebida do negro e do povo mais simples. A partir de 1651, alguns engenhos começaram a produzir cachaça para venda. Aos poucos, a bebida tornou-se conhecida em todo o país e passou a ser em algumas ocasiões — como na revolução de 1817 em Pernambuco — o símbolo de protesto contra o governo português.

COMO RECONHECER A BOA CACHAÇA

Atualmente, a cachaça é largamente consumida, tendo-se transformado em um importante ingrediente no preparo de coquetéis, pratos doces e salgados, além de ser deliciosa tomada antes das refeições, ou mesmo para “esquentar” o corpo nas noites de frio muito intenso.

Mas para que se possa dispor de uma cachaça de boa qualidade, deve-se tomar alguns cuidados na hora da escolha:

1)  De maneira geral, o teor alcoólico pode variar entre 16 a 70° GL (impresso no rótulo da garrafa), apesar de a maioria das cachaças ter entre 49 a 54° GL.
2)  A cor ou a limpidez do líquido ajudam a identificar sua boa qualidade. Assim, o tom levemente marrom ou dourado mostram envelhecimento   em   tonéis   de   madeira  e, consequentemente, qualidade superior.
3)  Fazer um teste esfregando-a no braço: a cachaça deve cheirar a mel ou barro. Se o odor do álcool for muito forte é porque a bebida não é de boa qualidade.
4)  A agitação da garrafa é uma forma de conhecer a boa cachaça: um  colar de bolhas, formado no gargalo da garrafa, indica uma bebida mais forte e pura.
5)  Como    medida    preventiva, sempre é bom também verificar a marca do fabricante da bebida, já que amoníaco diluído na cachaça facilita a formação de borbulhas no teste de agitação da garrafa.

ALGUNS TRUQUES

Além de servir como bebida — pura ou combinada com frutas tropicais, licor de cacau, leite condensado e especiarias, entre estas gengibre, canela, cravo —, a cachaça é empregada com ótimos resultados no preparo de carnes gordas de aves (peru, marreco ou pato), podendo ser usada para flambar ou macerar com outros temperos. Entretanto, para que possa ser bem aproveitada, recomendam-se alguns cuidados tanto no preparo de aperitivos, como no de temperos ou massas:

1)  Cachaças   de  boa  qualidade devem ser tomadas puras para se sentir todo o seu sabor.
2)  Frutas de sabor mais delicado (maçã, pêssego e pêra) não combinam  bem  com  o  gosto  forte da cachaça  e  não   servem,  por  isso, para batidas. Limão, caju, maracujá, laranja, abacaxi, carambola, tangerina e uvas são, por sua vez, uma boa sugestão para batidas.
3)  Para manter a proporção dos ingredientes de uma batida, não se deve preparar muitas doses de uma só vez.
4)  Os    ingredientes    da   batida devem permanecer de três a cinco minutos no liquidificador, para que a mistura fique homogénea.
5)  A quantidade de cachaça utilizada no tempero de carnes gordas nunca deve ultrapassar 5 colheres (de sopa) para cada quilo de carne (para flambar) ou 3 colheres (para macerar), pois o sabor forte da bebida pode prejudicar o gosto da carne.
6)  Massas para pastel ou qualquer tipo de fritura ficam bem mais leves e apetitosas quando se acrescenta 1 colher (de sopa) de aguardente aos ingredientes.
7)  Garrafas de cachaça são guardadas bem fechadas e em pé, para que a bebida não perca seu sabor.
8)  Uma boa quantidade de suco de limão, ingerido lentamente, elimina da boca quase todo o cheiro da cachaça.
9)  Salgadinhos e alimentos bem picantes (picles, azeitonas, etc.) atenuam o efeito alcoólico da cachaça, ao mesmo tempo que “protegem” o estômago do excesso de álcool.
10)  Caldo  de  carne  é um dos melhores remédios quando se abusou da cachaça.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply