Como fazer um curso de teologia pela internet

João Borges, um jovem que vive em Angola, é missionário da JOCUM e sempre quis fazer um curso de teologia. Ele é um rapaz que, desde sua conversão entendia que seu chamado era para trabalhar com jovens e desenvolver com eles um relacionamento saudável. Desde moço ele procurava uma formação teológica que pudesse embasar seu trabalho que visava abençoar aqueles com quem convivia. O grande problema é que por anos ele procurou ferramentas que possibilitassem a ele ter uma fundamentação não só bíblica, mas também prática do trabalho. Neste artigo você verá como ele resolveu esse problema e que fez dele, hoje, um pregador da Palavra de Deus.

→ Baixe gratuitamente 370 ebooks evangélicos

Curso de teologia pela internet

Antes de continuar este artigo, sei que você deve estar se perguntando se a Bíblia não é suficiente para o desenvolvimento de trabalho missionário. A resposta é SIM. A história do João, no entanto, mostra o que é bastante comum: muitos têm muita dificuldade de entender a Bíblia. Seja a parte histórica, o velho testamento ou até mesmo obter informações que facilitem a exposição da Palavra, tudo isso o João encontrou na Universidade da Bíblia. Depois de muitas pesquisas, este foi o curso à distância que deu uma guinada em seu ministério.

Você está à procura de um curso pela internet?

Assim como o João, um angolano que vive bem longe do Brasil, muitas são as pessoas que já fizeram o curso de Teologia da Universidade da Bíblia. Mas  fazer um curso online gera uma certa desconfiança. Bem, antes, porém de decidir fazer o curso da Universidade da Bíblia, ele avaliou todo o currículo e forma de ensino deste curso. Convencido, ele se matriculou e agora tem plena certeza de que este foi um passo importante para que ele passasse a ter um contato mais próximo com a Bíblia. Veja outros depoimentos dos alunos.

Como funciona o curso teológico?

No Curso Livre Bacharel em Teologia você estudará diversas apostilas com muitas páginas de informação e conhecimento. E o mais importante você poderá estudar na horas vagas e sem sair de casa. Portanto, se você deseja ou precisa estudar Teologia, mas não tem tempo como o João ou condições e deseja realmente aprender, este é o curso de que você precisa. Veja as características do curso:
Visa o conhecimento acadêmico Teológico;
É um curso interdenominacional, isto é, são ministrados visando o ensino das doutrinas centrais do Cristianismo;
Os Cursos da Universidade da Bíblia são Cursos de de caráter eclesiástico, ministerial, interdenominacional e Livre.

Qual a duração do Curso de Teologia

 

A duração do Curso Livre de Bacharelado em Teologia da Universidade da Bíblia depende da disponibilidade de tempo do aluno, da sua dedicação, compromisso e esforço pessoal. Dependendo dessas coisas, a média de tempo para terminar este curso é de 5 meses ou 2900 horas.

Curso de Teologia – Como comprar?

Muitas são as pessoas que têm um pouco de medo de comprar pela internet. Entendo isso, mas quero aqui mostrar para você que não há motivo para medo. O Curso de Teologia da Universidade da Bíblia tem a garantia da plataforma Hotmart. Para adquirir o curso você precisa clicar no botão abaixo. em seguida, você precisa preencher os campos solicitados. Isso é para garantir que você vai receber corretamente o acesso ao curso. Em seguida, escolha sua melhor forma de pagamento. Comprando no Cartão de Crédito o acesso é liberado quase que instantaneamente. Finalize o processo e, assim que o pagamento for confirmado, você receberá o acesso no e-mail que você usou na compra.

Sabia que o Curso tem garantia?

Você não precisa se preocupar. O risco é totalmente nosso. A Universidade da Bíblia dá a você a chance de testar o conteúdo do curso por 30 dias. Ao solicitar o acesso e fazer todo o processo de compra, você terá 30 dias para estudar com o curso e, depois, decidir se quer ou não ficar com ele. Isso significa que o RISCO é ZERO

Como ensinar seu cachorro a fazer coco e xixi no lugar certo

Quer ensinar seu cão a fazer xixi no lugar certo?

Qualquer cachorro pode fazer xixi e cocô no lugar errado. Mesmo um cachorro que tenha sido treinado pode, vez ou outra, deixar escapar uma sujeirinha no lugar errado. isso incomoda demais não apenas por causa do cheiro, mas também pelo prejuízo que ele pode trazer ao fazer, por exemplo, xixi em cima do seu sofá novo. A Fabiana também sofreu por causa disso e a história dela pode te ajudar.

A vida da Fabiana era bem difícil

A casa da Fabiana já não era mais a mesma. Casada há pouco tempo, começou a mobiliar a casa, comprou tapetes lindos e coloridos, pendurou quadros na parede e arrumou um pequeno jardim de ervas frescas para usar na cozinha. Depois de conseguir deixar do jeito que queria a decoração, ela resolveu ter um cachorrinho. O problema é que, se antes, ao receber os amigos para um bate papo ou mesmo a reunião de oração de sua igreja ela sempre recebia elogios pela limpeza da casa, agora, sempre que alguém chegava, ainda que Fabiana limpasse a casa com vários produtos e tentasse de todas as formas deixar aqueles frascos de cheirinho espalhados pela casa, o cheiro permanecia e por causa disso a Fabiana sentia-se envergonhada.

A Fabiana aprendeu que não precisava mais brigar com seu cachorro

Talvez você ache que é impossível ensinar um cão a fazer cocô no lugar certo. Parece bom demais não precisar mais lavar o quintal inteiro toda vez que alguém liga dizendo que vai visitar você. A verdade é que a Fabiana encontrou no curso Xixi E Cocô No Lugar Certo a solução para um problema que estava quase levando ela à depressão. Veja o depoimento dela na imagem abaixo

 

Para que você não ache que ela está brincando, veja só a câmera escondida que ela colocou em casa para mostra como seu cachorro estava fazendo o xixi no lugar certo em menos de duas semanas.

Conheça melhor o curso que a Fabiana fez logo abaixo.

Como é o curso Xixi E Cocô No Lugar Certo?

O curso que ensina seu cachorro a fazer cocô e xixi no lugar certo é uma criação do adestrador Rafael Wisneski. Ele é adestrador profissional com cursos, inclusive de Manejo Comportamental de Cães e Gatos. Há mais de 10 anos ele tem uma empresa no ramo de adestramento e cuidados com animais de estimação.

O curso de adestramento é todo online e você encontrará ali tudo que precisa saber para educar seu cachorro a fazer suas necessidades no lugar determinado por você. A forma de ensino não envolve castigo e pode ser aplicada POR QUALQUER PESSOA.

A Fabiana conseguiu. Veja outros depoimentos de pessoas que tiveram sucesso clicando aqui.

O Curso Xixi e Cocô no Lugar Certo é um curso online completo com tudo o que você precisa saber pra ensinar o seu cãozinho a fazer xixi e cocô no lugar certo, usando uma didática passo a passo, simples e que pode ser aplicada por qualquer pessoa.

1º fase: Na primeira fase do curso você aprenderá como é possível corrigir os principais erros que impediam você de ensinar corretamente seu cachorro a fazer o xixi no lugar marcado. Você aprenderá também qual é a forma certa de recompensar, o famoso reforço positivo, sempre que ele fizer as necessidades no lugar certo.

 

2ª fase: Um grande problema que alguns donos de cachorros têm é que trabalham o dia todo fora e não podem acompanhar o cãozinho na hora que e ele sente vontade de fazer suas necessidades. No curso você aprenderá que se conseguir ficar algum tempo com ele quando chegar em casa já será suficiente para que ele aprenda e faça, ainda que você esteja fora, tudo no lugar certo.

 

3ª fase: Nesta fase do curso você já terá visto os resultados, mas é hora de consolidar os ensinamentos. Aqui vamos mostrar qual a maneira correta de liberar o espaço da casa para o cachorro sem que ele volte a fazer fora do lugar. Lembra-se da Fabiana? Nesta fase ela já recebia elogios das visitas que iam À casa dela.

 

 

Como ter acesso ao curso que trouxe de volta a felicidade para a Fabiana?

O curso, como eu já disse, é totalmente digital e você receberá os dados de acesso no momento que fizer a compra. Para ter acesso ao curso você precisa clicar no botão abaixo.

 

Ao entrar na página de compra você precisará inserir seus dados e escolher a forma de pagamento. Tudo é muito simples e, assim que o pagamento for confirmado você receberá em seu e-mail os dados de acesso e poderá começar a estudar e colocar em prática com seu cachorro em casa.

Clique aqui para acessar a página o curso

Sabia que este produto tem garantia de satisfação?

 

O curso do adestrador Rafael Wisneski tem 100% Garantia e Risco Zero. Você acessa o curso e começa a colocar em prática o que é ensinado. Caso aplique as técnicas e elas não funcionem você poderá usar a garantia incondicional de 30 DIAS! Isso mesmo! Se não gostar do curso, você pode solicitar o reembolso do valor pago em um prazo de até 30 dias corridos após a aprovação do pagamento pela Eduzz.
Basta enviar um e-mail para contato@meucaocompanheiro.com que seu dinheiro será devolvido integralmente, sem nenhuma burocracia. Com isso você irá fazer um investimento com risco ZERO ao comprar esse curso.

Ficou com alguma dúvida?

Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida sobre o curso você pode falar diretamente com o adestrador pelo Whatsapp. Para isso, pegue o número diretamente na página. Clique aqui e role a página até o final para ver o número certinho. Escreva também para o suporte online caso tenha alguma dificuldade para inserir suas informações na página de compra.

Aprenda a ler a Bíblia

Vivendo na igreja desde a mais tenra idade, sempre ouvi que devemos ler a Bíblia por inteiro. Mas aí eu pergunto para você:

Você já tentou ler a Bíblia, mas não entendeu nada?

Isso já aconteceu comigo e com muitas pessoas que hoje manuseiam a Palavra com maestria. O que espero neste texto é te ajudar a entender a Bíblia como eu entendo. Claro que não tomo aqui esta atividade como algo racional.  É necessária total dependência do Espírito Santo. Sabendo disso, o que podemos fazer é criar certas estratégias que nos ajudarão a entender melhor o texto como se estuda os textos literários escolares.

Muitas são as pessoas que buscam uma forma ou mesmo um método que ajude a ler a Bíblia corretamente. Quando digo “corretamente” parto da ideia que muitas pessoas apenas passam os olhos pelas letras e deixam escapar ensinamentos que poderiam ajudar e muito no desenvolvimento pessoal. Na dificuldade de entender as profecias, os textos históricos e até mesmo o porquê de livros como Números ou Deuteronômio, abandonam o propósito de ler e se restringem a ouvir as interpretações feitas por outras pessoas.

Foi isso me me motivou a escrever estas dicas. Por entender que muitos não conseguem compreender a bíblia sagrada quero te ajudar a ter um conhecimento mais profundo e das técnicas que uso para ler mais e melhor.

Espero contribuir com você. Nas próximas linhas vou explicar como faço para realizar uma leitura bíblica de forma fácil, dedicando em torno de 30 a 50 minutos por dia.

Tem dias que estamos meio pra baixo, desanimado e é na palavra que temos refugio. Existem passagens como (Salmo 119:28, 50, 114) que nos enchem de esperança nos fortalece e nos faz crer que o melhor de Deus virá.

A bíblia é a conexão de Deus conosco, num culto primeiramente nós cantamos louvores e depois lemos a palavra não é? bom, pelo menos na maioria das igrejas. Isso ocorre porquê primeiramente nos derramamos na presença de Deus e entregamos nosso louvor e adoração. Depois a palavra, momento que Deus  fala conosco usando a bíblia.

Agora que você já sabe a importância de ler a bíblia vamos lá para o passo de onde você pode começar.

Como começar a ler a Bíblia

Serão dicas bem fáceis que vão solucionar com certeza a sua pergunta como começar a ler a bíblia. Todo mundo sabe que a bíblia é um livro bem difícil, então porque primeiramente organizar seu estudo? sim e essa é a primeira dica.

Dica 1.

  Você já tentou se organizar para ler a palavra, a bíblia é dividida em partes, então você que é mais novo na caminhada não quer palavras como ” Cantares de Salomão Palavras sobre o casamento” mas sim quer conhecer mais a de Deus. Comece pelos profetas de Deus “Marcos, Lucas, Matheus” entre outros. Com certeza vai edificar muito mais sua vida.

Dica 2.

 Leia a bíblia com caderno e caneta na mão, isso ajudará e muito. Devido a bíblia ser uma escrita bastante complexa, você irá encontrar inúmeras palavras que você não conhece e pode ter certeza que muitas delas é a palavra que da sentido ao texto, então anote todas elas e faça uso do dicionario para descobrir o significado de cada uma delas. Se você preferir e tiver recursos, compre uma bíblia da linguagem de hoje, é bem mais fácil de entender.

Dica 3.

 Depois de executado a leitura dos apóstolos, você pode estar se perguntando “agora posso começar de Gênesis?”. Na minha opinião você pode alcançar mais conhecimento antes de ler gênesis, como os livros Romanos e Efésios, não tenha medo de olhar no sumario, ele está localizado no começo da bíblia nas primeiras páginas e com certeza será seu amigo nos primeiros passos na bíblia. Esses dois livros ajudaram a vocês se alegrar em Deus e como ter uma vida que o honre. (Basicamente)

Bom agora você já está pronto para começar a ler do inicio, então fique a vontade. Se você quiser um acompanhamento e aprender coisas, que lendo você não consegue entender, temos um ótimo curso, que ajudará e muito na sua aprendizagem. Fizemos uma página para divulgar nossas sinceras opiniões.

Se estas dicas te ajudaram, não deixe de olhar esse método muito mais completo sobre como ler a Bíblia.

→ Aprenda a ler a Bíblia de verdade

 

OptiMemory → Funciona? E o preço? Onde comprar (OPINIÃO SINCERA)

Grande parte dos estudantes hoje em dia sobre com a sobrecarga de informações e a pressão de apresentar bons resultados na época de vestibular. A pressão não vem apenas de casa. Os próprios cursinhos, pensando na publicidade que terão com os aprovados, força os estudantes a passar horas e horas debruçados sobre os livros. O problema é que muitos acabam não tendo o desempenho esperado e se esquecem de informações importantes justamente quando isso não poderia acontecer. Bem, se você sofre de esquecimento, falta de concentração, mente cansada e precisa de mais motivação para manter suas atividades, saiba que você encontrou a dica certa, conheça o Opti Memory.
Hoje com o avanço da tecnologia o que não falta é distração, o único problema é que essas distrações ocasionam uma sequência de outros problemas, como falta de atenção, fadiga mental, esquecimentos e por aí vai.

Muitos estudantes e profissionais no mercado de trabalho não sabem que apenas descansar não é o suficiente para melhorar no aspecto CONCENTRAÇÃO. Existe, no entanto, um suplemento alimentar de base natural tão poderoso que pode acabar com todos esses problemas oportunos que vem ao decorrer do nosso dia a dia. Opti Memory é a solução para o seu problema isto porque ele trabalha o seu foco, sua capacidade mental e os seus neurônios ele é um potente auxiliador que elimina a fadiga mental e do aumenta a capacidade de equilíbrio da mente. Aproveite o desconto de lançamento clicando aqui.

Opti Memory quais são os benefícios e efeitos?

O Opti Memory é excelente para melhorar a performance mental de qualquer pessoa. Além de aumentar e estimular a concentração, é provado que ele regulariza a cognição e memória. Estudantes e profissionais liberais ainda terão um ganho enorme no que se refere a capacidade de assimilação. Imagine um estudante se preparando para o Enem e a quantidade de assuntos que dia a dia ele precisa assimilar. O Opti Memory é excelente nestes casos porque ajuda na assimilação, aprendizado e ajuda em todas as demais funções cerebrais.

Fórmula do Opti Memory

Os efeitos são maravilhosos, os ingredientes presentes é a vitamina A, B1, C, G e Vitamina K, essas vitaminas são as principais responsáveis em dar potência no cérebro, aumentar a disposição e a energia do seu corpo. Veja abaixo uma imagem que revela como funciona este produto e como ele atua no cérebro.

 

 

 

Além de conter também a Betaína concentrada que um poderoso estimulante do funcionamento de todas as suas funções cerebrais, ela também é responsável em fazer a transmissão de informações para os neurônios.

Colina age nas células dos impulsos nervosos, também muito atuante na proteção dos neurônios. O Potássio também está presenta na composição do Opti Memory, a falta de potássio traz o aparecimento de fadiga mental, câimbras, batimentos cardíacos fracos e depressão.

Por fim Magnésio e Biotina que são responsáveis pelo o funcionamento correto das nossas atividades cerebrais além da concentração e foco de nossa mente.

–Clique aqui para garantir um DESCONTO EXCLUSIVO de lançamento–

Sabemos que o dia a dia corrido prejudica muito a nossa memória, ao final do dia estamos tão cansados (as) que nem conseguimos assimilar as informações, Opti Memory entra para combater isso, mesmo com o dia a dia corrido e cansativo sua memória ser mantém intacta e você consegue ser manter concentrado (a) nas suas atividades, chegar de perde a memória, Opti Memory é a solução para que todo o seu foco, concentração e funções cerebrais continuem intactas.

 

Opti Memory possui contraindicações ou efeitos colaterais?

Opti Memory tem a sua composição toda natural, ele é um suplemento alimentar para a sua memória rico em nutrientes e vitaminas que mantém o cérebro trabalhando de maneira eficaz, sendo assim seu consumo não faz mal algum, mais antes de consumir o mesmo vale ressaltar que é necessário que consulte um médico para que o mesmo passe a quantidade e o modo de tratamento adequado.

Opti Memory Preço

O Opti Memory está com uma super promoção de lançamento, e você certamente não vai querer perder esse promo não é mesmo? Só hoje comprando mais de 1 frasco do produto você começa receber desconto progressivos, não entendeu? Então clique no botão abaixo e confira o preço no site oficial do fabricante, que possui o melhor preço do mercado para Opti Memory.

 

Onde comprar Opti Memory?

O produto é original, sendo assim sua comercialização é feita apenas pelo o site oficial. Cuidado com produtos falsificados, antes de realizar a compra verifique todas as informações.

Detox Slim Life funciona de verdade?

Você está em busca de perder peso de maneira saudável, mas não consegue obter resultados apenas com dietas? Então chegou a hora de você experimentar o Detox Slim. Essa novidade lhe ajuda a emagrecer e desintoxicar o seu corpo sem precisar se preocupar com dietas mirabolantes, ou mudanças drásticas na sua alimentação. Sei que esse é o martírio daqueles que fazem dietas. Ir à festas e não poder comer tudo de gostoso que há, gastar muito dinheiro na compra de alimentos orgânicos e receitas difíceis de fazer… Bem, o Detox Slim é um composto que possui todos os princípios ativos presentes nos sucos detox, que pode ser tomado em qualquer lugar, sem se preocupar em comprar ingredientes caros e com o gosto ruim que os sucos verdes normalmente possuem.

E aí: você ficou interessada nos benefícios da dieta com Detox Slim? Pois confira a seguir os muitos benefícios que esse produto lhe oferece e descubra porque o Detox Slim funciona!

Como Funciona Detox Slim

A fórmula do Detox Slim funciona de uma maneira revolucionária , diferente da maioria dos produtos bloqueadores de apetite e suplementos alimentares artificiais: ele age desintoxicando o organismo, removendo substâncias nocivas do seu corpo, restaurando o equilibro nutricional em sua dieta. E o melhor: sua fórmula é 100% natural, sem nenhum componente artificial Logo nas primeiras semanas de consumo você já vai começar a perceber a diferença, sentindo maior disposição e energia, e também já vai estar começando a perder peso.

Só no Detox Slim você encontra os seguintes nutrientes que facilitam a perda de peso:

 

  • Selênio
  • Vitamina C
  • Vitamina B2
  • Vitamina B6
  • Ácido Fólico
  • Magnésio
  • Colina
  • Cromo
  • Zinco

A Colina, presente na fórmula do Detox Slim é uma substância de origem natural que bloqueia a absorção de gordura durante a digestão, o Selênio que melhora o funcionamento do seu sistema imunológico, além de retardar o envelhecimento, o Cromo que ajuda a controlar o nível da glicose na corrente sanguínea, e várias vitaminas essenciais para equilibrar o seu corpo e melhorar a sua saúde.

Benefícios e Efeitos do Consumo

O consumo do Detox Slim faz parte de um tratamento de um tratamento contínuo para perda de peso e desintoxicação do organismo. Seu consumo, durante 3 meses, vai lhe proporcionar esses benefícios para sua saúde:

✓ Emagreça muito mais rápido do que fazendo dietas!
✓ Bom humor e mais disposição o tempo todo!
✓ Reduz drasticamente a celulite e flacidez.
✓ Mais energia para enfrentar o dia a dia!
✓ Melhore sua autoestima com upgrade do seu corpo!

Quanto posso emagrecer com o produto?

Isso vai depender do seu organismo, pois pessoas podem responder diferente dependendo de seu metabolismo. Temos relatos de clientes que conseguiram perder até 24 Kg em 3 meses de dieta, mas no seu caso, os resultados podem variar ou até serem superiores para a perda de peso.

Depoimentos e resultados dos clientes

Eu já tentei todas as dietas possíveis que encontrei e nunca consegui perder muito peso e quando perdia engordava de novo em pouco tempo. Foi então que uma amiga minha que perdeu 32 quilos de uma hora pra outra me contou qual era o segredo dela, um suplemento chamado Detox Slim. Comprei o meu imediatamente e agora até meu marido está tomando comigo, estamos emagrecendo de forma saudável e sem passar fome, é incrível! (Suelen B. J., Gramado – RS).

Garantia do Detox Slim

Os efeitos do produto são comprovados por milhares de clientes satisfeito com seus resultados. Mas caso você ainda não tenha experimentado, você tem a chance de comprar e testar o produto sem correr riscos:

A Healwheel, fabricante do Detox Slim, está oferecendo uma garantia exclusiva para você que ainda não conhece os efeitos do Detox: Se você comprar o produto e após 3 meses de consumo não obter os resultados desejados na perda de peso, você pode pedir seu dinheiro de volta. Isso mesmo: guarde suas embalagens, e se o efeito não for o esperado, você pode receber TODO SEU DINHEIRO DE VOLTA, sem pegadinha, sem burocracia: basta devolver as embalagens para receber o reembolso total do valor do produto.

 

Como comprar o Detox Slim

A melhor maneira de comprar o Detox Slim é através do site oficial, para acessar, basta clicar no botão abaixo. Lá você poderá conferir todas as ofertas do produto esse inscrever caso queira receber ofertas exclusivas para esse e outros produtos de emagrecimento com efeitos comprovados.

 

Como prevenir e tratar a celulite

Para combater a celulite, resultado do acúmulo de substâncias nocivas ao organismo, uma alimentação sadia e bons hábitos de vida são fundamentais. Muito comum nas mulheres, a celulite raramente ataca os homens. Em geral, ela decorre de um trabalho deficiente do organismo para eliminar as toxinas.

Entre os órgãos encarregados de eliminar as toxinas, encontram-se fígado, rins e glândulas sudoríparas. Quando um desequilíbrio qualquer no funcionamento desses órgãos impede o organismo de eliminar as toxinas, elas se depositam em determinadas partes do corpo, geralmente no tecido conjuntivo. Esse tecido, recoberto pela pele e suas diferentes camadas, é uma espécie de rede de malhas elásticas que envolve, protege e sustenta os músculos e nervos. Quando a nutrição não é boa e a eliminação de resíduos é deficiente, o tecido conjuntivo se irrita, se contrai, formando-se mais tarde depósitos de gordura.

Acabe com as estrias também.

O desenvolvimento da doença se dá em quatro etapas. No início, não passa de uma discreta congestão do tecido subcutâneo provocada por um afluxo sanguíneo e linfático (a função dos vasos linfáticos é limpar os tecidos). Esse afluxo dilata os pequenos vasos da região onde ocorre. Na segunda etapa, certa quantidade de líquido se infiltra entre as malhas do tecido e se fixa, formando pequenos nódulos isolados. Na terceira fase, os nódulos, já fixos, formam uma linha fibrosa. Então, a doença evolui para a quarta e última etapa: o tecido perde toda a sua elasticidade natural, apimentando nós e placas gordurosa sob a pele.

A celulite pode se localizar sobre a nuca ou coluna, nos braços, tornozelos, no estômago, ventre, quadris, as coxas ou na face interna dos joelhos, Algumas vezes, ela se deposita apenas no tronco, outras, da cintura para baixo.

Reconhecer a celulite é fácil. Quando se aperta a pele entre o polegar e o indicador, nota-se que ela desliza mal, tomando o aspecto de uma casca de laranja, com buraquinhos e nodosidades. Nos casos mais avançados, basta olhar a pele para perceber essas nodosidades formando ondulações.

CAUSAS DA CELULITE

As causas da celulite ainda não estão bem determinadas, mas algumas disfunções orgânicas e hábitos de alimentação e comportamento podem criar um campo favorável.

Artrite — Se um indivíduo sofre de artrite (processo inflamatório de uma articulação que, em geral, incha, retendo água), seu organismo tende a fabricar em excesso certos ácidos — substâncias tóxicas. Conduzidos pelo sangue, esses ácidos podem provocar irritação no tecido conjuntivo (que ocupa os espaços livres deixados pelos outros tecidos, sustenta e protege os órgãos, ao mesmo tempo que os liga entre si).

Disfunções hepáticas ou renais — Quando o fígado ou os rins funcionam mal, não conseguem eliminar completamente as toxinas. Nesses casos, elas se depositam no tecido, provocam sua irritação e consequente inflamação.

Mau funcionamento do sistema neurovegetativo — Como os movimentos do tubo digestivo são comandados pelos nervos, alterações no sistema nervoso podem retardar esses movimentos, ocasionando uma digestão lenta e deficiente. Os intestinos passam a funcionar mal, dando origem a uma superprodução de toxinas que, levadas pelo sangue, chegam ao fígado. Este órgão tem uma capacidade limitada para eliminá-las. Assim, o excesso acaba se localizando no tecido conjuntivo.

Distúrbios endócrinos — Quando, por qualquer motivo, as glândulas de secreção interna aumentam sua produção, as substâncias não eliminadas podem causar a celulite. Por isso, mulheres durante a gravidez ou a menopausa, quando ocorrem alterações no sistema glandular, estão mais sujeitas ao mal.

Vida sedentária — Trabalhar muito tempo numa mesma posição e fazer pouco exercício físico são fatores que podem ocasionar a celulite. Mantendo-se em atividade, é mais fácil o corpo se livrar do excesso de gordura.

Alimentação mal feita — Uma alimentação rica em substâncias que dificultam a digestão, à base de carboidratos, e refeições feitas às pressas, em horas irregulares, causam distúrbios gástricos e intestinais, provocando o aumento das toxinas.

Tensão nervosa — Um dos grandes males provocados pela tensão nervosa é a insônia, pois o sono constitui uma das formas de o organismo descansar, eliminando as toxinas. Por isso, pessoas tensas são grandes candidatas à insônia e, consequentemente, à celulite.

PREVENIR É O MELHOR REMÉDIO

Como a celulite se origina de diversas causas, o médico deve investigar o que a está provocando e dar um tratamento adequado ao paciente. Em geral, o tratamento consta de dieta alimentar e de elementos que possam estabilizar o sistema nervoso do indivíduo. Porém, uma vez estabelecida a celulite, além da ginástica, da alimentação e do equilíbrio psíquico pode-se recorrer à massagem local, que nesta etapa da moléstia ajuda muito.

Veja estes resultados

Como essas mulheres conseguiram estes resultados

 

 

Entre os alimentos recomendados encontram-se frutas, verduras, peixes e leite magro. Devem-se evitar carnes muito gordurosas, doces, farináceos, conservas, molhos picantes, bebidas alcoólicas, chá e café. Também é importante diminuir o consumo de sal, pois ele ajuda a retenção de água pelo organismo. E, como as alterações do sistema nervoso são responsáveis por mais da metade dos problemas físicos, atuando sobre órgãos que liberam no sangue substâncias nocivas, é importante examinar e tratar essas alterações, no sentido de se alcançar um equilíbrio psíquico.

Mesmo quando o tratamento é bem sucedido, ainda resta um problema: como evitar que a celulite se manifeste novamente. Os médicos dizem que isso é possível através de alimentação equilibrada, vida sadia e ginástica. E, para quem nunca teve celulite, indicam a prevenção como o melhor remédio. O tratamento preventivo obedece a cinco regras fáceis de serem seguidas:

1)   Praticar  um   esporte,  como natação, fazer ginástica ou andar depois das refeições.

2)  Fazer um pequeno intervalo de relaxamento durante o trabalho principalmente quando se trabalha fora de casa.

3)  Evitar os estados de ansiedade que provocam alterações no organismo, aumentando o índice normal de toxinas.

4)  Não  usar roupas  apertadas: elas provocam a má circulação do sangue, dificultando   e eliminando a passagem das substâncias tóxicas.

5) Manter uma alimentação sadia, onde verduras e frutas façam parte do cardápio diário.

Como cruzar cachorros para ter lindos filhotes

Dois meses depois do cruzamento, nascem os cãezinhos. Antes, durante e depois do parto, são necessárias algumas providências para que tudo corra bem.

Ao contrário, do que acontece entre os homens, o período de infância dos animais é bastante curto. As cadelas, por exemplo, atingem sua plena capacidade de reprodução entre seis e dez meses após o nascimento. Uma cadela com essa idade é sexualmente madura, e isso pode ser notado com facilidade: basta observar seu comportamento durante o primeiro cio.

O cio é a única época fértil para a reprodução dos cães, e se repete a intervalos regulares de seis meses. No Brasil, ele se dá no início e no meio de cada ano. Quando a cadela entra no cio, toma-se quieta e sem apetite, e seu corpo passa por várias transformações. A vulva fica mais desenvolvida, e durante oito a dez dias ocorre uma leve hemorragia. Assim que termina esse corrimento, a cadela fica fértil durante cerca de uma semana. Após esse período, ela passa a rejeitar o macho, sinal de que o cio chegou ao fim.

Na realidade, o cio tem duas fases distintas. Na primeira, chamada de proestro, a vulva dilata-se e surge o corrimento. A segunda fase, chamada estro, é o cio propriamente dito. Inicia-se com a ovulação, encerrando-se alguns dias depois. Durante esta fase a cadela deverá ser confinada, do contrário correrá o risco de engravidar, cruzando com um ou com vários cachorros.
Já para quem está interessado em obter filhotes de determinado tipo, o cruzamento deve ser estudado e planejado cuidadosamente. Os criadores de cães analisam as características individuais dos cães e também a de suas famílias. Fixadas as metas, realizam-se cruzamentos sucessivos até atingi-las. Isso pode ser feito conhecendo-se alguns dos genes ou características hereditárias que definirão os filhotes. Certos genes tendem a predominar sobre outros similares; os que predominam são chamados de dominantes, os outros de recessivos.

O pelo preto, por exemplo, é uma característica dominante, ou seja, no cruzamento de um cão preto puro com uma cadela branca pura, a cor preta vai dominar nos filhotes. Falamos mais disso lá em nosso site sobre adestramento de cachorro sem castigo em um mês.

ALGUNS ENGANOS

Há muitas ideias erradas a respeito da reprodução canina. Por exemplo: se uma cadela cruzasse com um cão de outra raça, acreditava-se que seus filhotes e também as próximas crias seriam prejudicadas. Isto não é verdade, porque o desenvolvimento de um filhote não interfere no desenvolvimento do outro, muito menos ainda em futuras gestações.

Outro engano comum é pensar que as características adquiridas são transmitidas aos filhotes.

Também há ideias erradas com relação ao cruzamento de cães que têm parentesco. Na verdade, uma cadela pode ser cruzada com o pai, ou mesmo com o filho ou o irmão. Esse tipo de cruzamento é chamado de consanguíneo. Pode ser benéfico para os filhotes, reforçando algumas características boas. Mas pode igualmente ser desastroso, fortalecendo certas características indesejáveis. Por exemplo: se os cães têm pelos finos, os cruzamentos consanguíneos tendem a afiná-los ainda mais. Usado a longo prazo, o cruzamento consanguíneo leva a uma redução do tamanho e da fertilidade dos filhotes, aproximando-os cada vez mais de um padrão uniforme.

CUIDADOS PARA O CRUZAMENTO

Dificilmente o macho de tamanho pequeno consegue cruzar com cadela de tamanho grande. No entanto, quando isso ocorrer não haverá problema maior. Porém, se um cão de raça grande cruzar com uma cadela de raça pequena, poderá ocorrer uma série de problemas, pois se os filhotes forem muito grandes vão impedir o parto normal, havendo necessidade de se recorrer à cesariana.

Embora muitas pessoas não saibam, a cesariana na cadela é bem comum, principalmente naquelas de raça pequena. Outro fato que geralmente ocorre na união do macho grande e cadela pequena é a possibilidade de ferimentos durante o cruzamento.

Na maior parte dos cruzamentos, porém, não há maiores problemas envolvidos. Apenas devem ser tomados certos cuidados, como o de tratar a cadela contra vermes, ou qualquer outra doença, antes do cio. Uma cadela doente não deve ser cruzada. Como a doença, a gordura excessiva também é considerada como impedimento para a procriação, e as cadelas muito gordas devem emagrecer antes de engravidar. Além disso, para facilitar o trabalho de parto, convém evitar que ela engorde demasiadamente durante a gestação.

GESTAÇÃO E PARTO SEM COMPLICAÇÕES

Se o pai já foi escolhido, deve-se isolar a cadela logo após o cruzamento. Caso contrário, corre-se o risco de aparecer uma ninhada variada, resultado do cruzamento com diversos machos, o que não é nada interessante.

O período de gestação varia entre 57 a 64 dias. O apetite da mãe aumenta bastante durante a gestação. Sua dieta deve ser suficiente em quantidade e em qualidade para que os filhotes tenham um desenvolvimento satisfatório. Entre outras coisas, a dieta da cadela gestante deve conter vitaminas, hidratos de carbono, proteínas e minerais. Um exemplo de dieta mínima seria: leite pela manhã, à tarde e à noite, e arroz com carne magra e legumes no almoço e no jantar. De vez em quando, uma gema de ovo, ou frutas não ácidas. A porção de carne deve ser aumentada duas semanas antes do parto, do mesmo modo que a de leite.

Por volta da quinta semana, as mamas frequentemente inflamam. Nesse caso, é suficiente o uso de um pouco de óleo de bebe e massagens suaves, ou de algumas compressas, para que cesse a inflamação. A partir da sexta semana, tocando-se levemente o abdome da mãe, já é possível sentir os filhotes.

Em casos de constipação intestinal, as doses de laxativos devem ser brandas.

ÚLTIMOS PREPARATIVOS

O contato de crianças com a cadela grávida deve ser controlado. As crianças tendem a se exceder nas brincadeiras, e a cadela estará naturalmente ansiosa e irritadiça. No entanto, desde que tudo lhes seja explicado com detalhes, as crianças poderão até ajudar. Uma boa atitude é permitir que, em vez de brincar, levem a cadela a passeio. Isso será útil também para a cadela, porque, lenta e pesada com o progresso da gravidez, necessita de exercícios sistemáticos e moderados.

Por volta da oitava semana tudo deverá estar preparado para o parto. As cadelas dão à luz sozinhas e são totalmente aptas para cuidar de seus filhotes. Por isso, basta preparar o lugar onde ela terá a ninhada. Segundo os médicos veterinários, o mais simples e eficiente é uma caixa grande onde a cadela se mova à vontade. Deve ter laterais altas para impedir que os filhotes caiam, e um dos lados rebaixado para que a mãe entre e saia com facilidade. Pode-se forrar a caixa com panos limpos ou com jornais, que aquecem os filhotes e são trocados todo dia, o que tornará possível manter a caixa sempre limpa. Ela deverá, ainda, estar elevada, sem contato com o chão ou umidade, e longe de correntes de ar.

NÃO SE DEVE FAZER NADA: APENAS CONTROLAR

Na hora do parto a cadela fica nervosa, cava e se mexe bastante. Se não for levada para a caixa nessa hora, os filhotes nascerão em qualquer outro lugar. Durante o parto, deverá ser vigiada cuidadosamente. Não há necessidade de ficar junto da caixa, o que pode inclusive atrapalhar o andamento do parto. Geralmente, transcorre uma hora entre os primeiros sinais do parto e o nascimento da primeira cria. Os filhotes nascem envoltos em sacos fetais, ligados pelas placentas a um cordão umbilical que os circunda. Assim, a cada filhote corresponde uma placenta,  que  é  expelida juntamente com o saco fetal. A mãe encarrega-se de remover o saco, comendo-o em seguida. Por sua vez o filhote começa a mamar logo que é libertado. De modo geral, a cadela faz tudo sozinha, mas em certos casos é preciso ajuda. Se o parto demora demais, por exemplo, a ajuda de um veterinário será importante para evitar danos para os filhotes.

No caso de a mãe não remover os sacos fetais, esse trabalho deverá ser feito cirurgicamente, mas de modo simples. Sobre uma mesa limpa, e usando uma tesoura esterilizada, corta-se o cordão umbilical dos filhotes a 1 centímetro de sua barriga. Não é preciso amarrar, apenas fazer uma leve pressão com os dedos na ponta. A seguir, limpar o filhote, esfregando-o vigorosamente com uma toalha. Essa massagem ajuda-o a respirar e ativa sua circulação. Se mesmo assim ele não respirar, deve-se segurá-lo de cabeça para baixo e limpar sua boca por dentro.

A mãe costuma ficar bastante cansada após o.parto. Após certificar-se de que não resta nenhum filhote para nascer, deixar que ela saia da caixa, se quiser. No dia do parto, alimentar só com leite. Depois, volta-se à mesma dieta do período de gestação, necessária porque a cadela estará amamentando. Como só há oito mamas, o número de filhotes pode tornar necessário organizar um turno para amamentação, dando-se prioridade aos menores e aos mais fracos. Se a mãe não tem leite, recorre-se ao uso de mamadeiras de conta-gotas, ou de mamadeiras normais, se o filhote for grande. O leite ministrado desse modo deve ser diluído em água, em partes iguais.

Durante a amamentação, as mamas com frequência se inflamam, sendo tratadas como durante a gravidez. A mãe desmama os filhotes no fim da quarta semana. Nessa época, a porção de leite dos filhotes deve ser reforçada por uma papinha de arroz e carne, enriquecida mais tarde com legumes ralados. A mãe já se separa de sua ninhada, voltando somente durante curtos períodos para alimentar os cãezinhos. Quando completarem seis semanas, já poderão ser considerados autossuficientes.

Como comprar e posicionar camas na casa

Em metal policio ou esmaltado, em madeira encerada ou laqueada, devem ser antes de tudo muito práticas e fáceis de arrumar. Originalmente, a cama não passava de um simples acolchoado, colocado diretamente sobre o chão. Entretanto, a necessidade de limpeza fez com que o homem criasse camas altas, com estranhos cortinados, na tentativa de conseguir maior segurança e proteção contra insetos. O tempo passou, surgiram as cabeceiras e a cama atingiu, até meados do século passado, proporções, luxo e refinamento nunca anteriormente apresentados.

A CAMA ATUAL

Mais preocupadas com as coisas práticas, atualmente as pessoas preferem camas bem simples e que ocupam pouco espaço no dormitório. São exemplos disso: a cama turca, que nada mais é do que um estrado com pés; o divã, espécie de sofá que pode ser transformado em leito; os beliches, que permitem ampliar convenientemente o espaço de circulação, além de acomodar duas pessoas; os bileitos, que são sobrepostos e ocupam também o lugar de uma só cama, visualmente menos pesados que o beliche e as camas de casal, encaixadas em nichos (formados, algumas vezes, por armários embutidos). São ideais, particularmente, para pequenos apartamentos onde o clássico leito matrimonial ocuparia muito espaço, aproveitando melhor as dimensões do quarto. As outras soluções para economizar espaço — camas dobráveis, poltronas-cama e sofás-cama — são deixadas em segundo plano porque dão muito trabalho para arrumar na hora de dormir.

Por outro lado, as mesas de cabeceira devem fazer, de preferência, parte da própria cama, eliminando assim as desvantagens dos criados-mudos, que atrapalham quando se pretende arrumar a cama e ocupam um espaço muito maior.

Acompanhando toda a extensão da cabeceira, esses apoios podem ser construídos em forma de prateleiras ou mesmo armários com portas levadiças, que são aproveitados para guardar remédios, livros, lenços, rádio, etc.

Deve-se lembrar que, como qualquer outro móvel, as camas muito trabalhadas e com elementos e entalhes decorativos supérfluos só servem para acumular poeira e dificultar bastante a limpeza. Por isso, o melhor enfeite ainda é aquele que resulta de um bom acabamento, com materiais bem resistentes e bonitos. Por exemplo: cabeceira e peseira estofadas em tecido resistente, algodão cru, lonita ou couro bem esticados, evitando-se todos os tipo de franzidos, ou então em madeira encerada ou laqueada, que alegra e dá colorido ao quarto, ou ainda em metal polido ou esmaltado.

A IMPORTÂNCIA DA LOCALIZAÇÃO

Da mesma maneira, uma velha cama artesanal só deve ser usada se não sacrificar o espaço, nem prejudicar o conforto.

Convém também saber que a melhor localização do quarto é aquela que lhe permite receber, todos os dias, os primeiros raios de sol. Por sua vez, a cama deve ser colocada paralelamente, ou então de frente para a janela. Encostá-la na parede onde se encontra a janela pode ser uma outra solução.

Entretanto, é preciso levar em consideração que as paredes externas do quarto ficam mais expostas às diferenças de temperatura e umidade.

Como fazer pratos deliciosos com cebola

Pertencente à família das Liliáceas — que inclui flores como a tulipa —, a cebola teve sua origem no oeste da Ásia. Serviu durante muito tempo como “eficiente remédio”, segundo manuscrito do século XIV, “para resfriados; doenças da pele e do estômago; dores de ouvido; febre; laringite; verrugas; vermes e mordidas de cães”.

VALOR NUTRITIVO

Deixando de lado certos exageros de algum tempo atrás, a cebola pode ser considerada como um auxiliar do organismo na defesa contra infecções, eliminando, ao mesmo tempo, eventuais substâncias tóxicas através dos rins — resultado da ação de seus sais minerais (principalmente fósforo, ferro e cálcio), carboidratos e vitaminas do complexo B e C.

Além disso, como tem baixo teor calórico, pode ser consumida em grandes quantidades tanto pelos gordos como por pessoas que estão perdendo ou querem manter o peso.

COMO COMPRAR E GUARDAR

Em vários tipos, tamanhos e cores — que vão desde o branco leitoso ao roxo —, a cebola não apresenta mistérios para sua compra. Os únicos cuidados são: verificar sua consistência    (pelo    tato pode-se notar se ela está bem firme ou não) e uniformidade e brilho da casca (manchas escuras ou pretas indicam que ela está começando apodrecer). Por outro lado, cebolas devem ser conservadas em lugar seco, fresco e bem ventilado, evitando-se que uma fique sobre a outra. Nada de armários fechados ou geladeira, que apenas apressam seu apodrecimento.

ALGUNS TRUQUES

Crua, cozida, frita ou em forma de sopas ou mesmo tortas, a cebola tem o papel de dar mais sabor e valorizar o preparo de alimentos. Alguns truques facilitam sua utilização, reduzem o forte odor e fazem com que os pratos que levam cebola fiquem bem mais apetitosos:

1)  Cebola (cortada em forma de anéis) passada   em   leite,  farinha, ovos batidos e depois frita (em óleo quente)    acompanha    muito    bem peixe assado.

2)  As cebolas douram mais rapidamente quando se acrescenta páprica à fritura.

3)  Manteiga, vermute e tempero a gosto dão um sabor especial à cebola.

4)  Para evitar irritação nos olhos
—  quando se descasca uma cebola
—  basta colocar, na ponta da faca, um pedaço de pão: ele absorve uma boa parcela do cheiro e dos gases soltos pela cebola. Além desta, duas outras medidas são bastante satisfatórias: colocar a cebola na geladeira uns 10 minutos antes de ser descascada ou então molhá-la em água fervente.

5)  Para reduzir o cheiro e sabor das cebolas, é preciso cortá-las,

levando-as à geladeira um dia antes de serem utilizadas. Uma salada, por exemplo, fica assim muito mais leve e saborosa.

6)  Para   facilitar   o   descascamento de cebolas, cortar primeiro as duas extremidades. Com isso, a casca sairá por inteiro e de uma só vez.

7)  Cebolas   devem   ser   cozidas com casca para evitar que seu sabor e valor nutritivo se percam na água.

8)  Uma colher (de sopa) de cebola instantânea desidratada equivale a uma cebola média crua.

9)  Toda vez que se utiliza apenas a metade de uma cebola é conveniente guardar a parte ligada à raiz, pois não estraga tão depressa.

10)  Para deixar a salada com um gostinho de cebola, basta esfregar um pedaço de cebola em toda a parte interna da saladeira, antes de se colocar os ingredientes.

11)   Caldos  de  sopa e  molhos ficam muito mais apetitosos desde que se acrescente cebola espetada com cravos inteiros.

12)  Para se saber quando uma cebola  está  bem   cozida,  deve-se furá-la com um garfo: se ele penetrar facilmente, a cebola está pronta. Aliás, o tempo de cozimento de uma cebola de tamanho médio é de 20 a 35 minutos aproximadamente.

13)  Sal   ou   limão   retiram   das mãos o odor forte de Cebola.

14)  Para eliminar o cheiro dos talheres (faca, por exemplo), basta passar batata crua nas partes que ficaram em contato com a cebola.

15)  Para dar um sabor especial à cebola   frita  na   manteiga,   acrescentar os temperos e algumas gotas de vermute; frita em óleo, juntar meia colher (de chá) de mostarda.

Como encontrar a felicidade num relacionamento

Atualmente, com a maior liberdade que as pessoas têm para escolher com quem partilhar a vida, devia-se esperar um número bem menor de casamentos fracassados do que no tempo da vovó, quando nem sempre a escolha era livre. No entanto, isso não acontece. São muitos os exemplos de casamentos infelizes, numa flagrante demonstração de que algo anda errado.

Em geral, os casais que não encontraram a felicidade no casamento acabam se culpando mutuamente ou colocando o fracasso como resultado de causas externas. São comuns observações como “meu marido não era assim. Ele mudou muito desde que nos conhecemos” e “minha mulher já não é tão carinhosa como no tempo de noivado. Acho que minha sogra anda atrapalhando nosso casamento”. Raras são as pessoas capazes de compreender — e admitir — que o fracasso se deve a elas mesmas.

Na verdade, ao contrário do que muitos pensam, casamento feliz não é obra do acaso. Depende da escolha certa do companheiro e, também, da maneira de viver com ele, participando de suas atividades, interesses e aspirações. Culpar o destino é muito mais cômodo do que admitir que nenhum ato ou decisão permanece isolado, colocado fora da vida em comum. Uma atitude tomada está sempre condicionada a posições assumidas no passado e, inevitavelmente, irá influir nas decisões e acontecimentos futuros. Vários passos — ou mesmo um só — dados na direção errada podem representar o início de uma caminhada lamentável, difícil de ser modificada. Isso, em todos os campos. Assim, ao se escolher alguém para uma vida em comum, de certa forma já se está definindo o rumo que a união irá tomar.

O QUE DEVE SER EVITADO

Não existem garantias contra a infelicidade, mas há vários caminhos que convém evitar, pois quase sempre conduzem a ela. Basear a escolha em modelos pré-fabricados ou alheios é um deles. O rapaz que se casa com uma mulher só porque ela é parecida com sua atriz de cinema favorita, talvez esteja condenado a passar o resto da vida ao lado de uma linda figura, mas de personalidade insuportável.

De outra forma, a mulher que se casa com um homem porque ele tem muitas coisas em comum com o marido de uma amiga, “muito bem casada”, possivelmente estará escolhendo mal: felicidade não se copia — o que serve para a outra, pode não servir para ela.

Muitas escolhas, que um observador imparcial consideraria absurdas, às vezes são feitas porque o casal se deixou levar por sentimentos que costumam ser definidos como “amor à primeira vista”, “impulso irresistível” e coisas semelhantes. A pessoa “perdidamente apaixonada” tende a supervalorizar as qualidades do parceiro, ignorando seus defeitos. E, mesmo quando o lado negativo é visto, não costuma ser levado em conta. O indivíduo, envolvido pela paixão, acredita que o amor é capaz de resolver todos os problemas. Depois, com o passar do tempo e a vida em comum, a paixão desaparece e a personalidade do companheiro se mostra como realmente é. Então, seus defeitos podem parecer insuportáveis, e a união acaba por fracassar.

Outro erro é encarar o casamento como um fim. Depois de consumado, pouco ou nada se faz para preservá-lo: afinal, a meta já foi atingida. Da mesma forma, usar o casamento como um meio de fugir ao ambiente familiar, de alcançar segurança econômica ou uma situação privilegiada na sociedade ou na profissão — método muito empregado por mulheres, embora os homens também se utilizem dele — geralmente não dá bons resultados.

Em qualquer destes casos, como não houve realmente uma escolha, depois do casamento pode-se descobrir falhas de caráter que tornem o convívio insuportável. E o casal se sentirá obrigado a viver lado a lado com resignação. Aceitar um casamento desse tipo é se desvalorizar. E a pessoa que age dessa forma não pode esperar ser respeitada. Ao contrário, a convivência íntima só fará piorar a situação.

ASPECTOS PSICOLÓGICOS

De acordo com a psicologia, o indivíduo procura para companheiro alguém que seja o reflexo da sua própria imagem interior. Assim, seres psiquicamente sadios escolhem bem, porque são o que são, consciente e inconscientemente. Neles, a personalidade total participa da escolha e a margem de erro é mínima.

Pessoas que apresentam uma imagem interior torturada, deformada, completamente diferente da exterior, sufocam a imagem real no inconsciente, como um mecanismo de defesa. Na hora da escolha, perdidas em contradições e conflitos psíquicos não resolvidos, acabam optando por alguém que seja o reflexo de sua imagem interior. Um casamento desse tipo tem todas as chances de fracassar, pois a personalidade consciente de um estará constantemente em atrito com sua própria personalidade inconsciente, refletida no outro. Um exemplo disso é o caso de uma moça educada por padrões rígidos, marcados por proibições e repressão sexual. Depois de adulta, nega esses princípios e se dispõe a procurar um companheiro conforme suas convicções. No entanto, no momento da opção, sente-se inexplicavelmente atraída por um homem inibido, indiferente ao sexo. Inconscientemente, a escolha corresponde aos padrões que os pais lhe impuseram na infância e não ao que acredita ser certo. Casada, enfrentará uma série de problemas que não serão fáceis de solucionar sem a ajuda de um psicólogo.

COMO FAZER ESCOLHA CERTA

Está comprovado que uma personalidade formada não muda radicalmente num curto período de tempo. Assim, é sempre possível saber, com antecedência, o tipo de pessoa que se está escolhendo para uma vida a dois. O período de namoro é ótimo para isso. Basta observar e analisar certos indícios, como risadas que soam falsas, gestos estudados, frases feitas, gentilezas em excesso ou demasiado raras e esquecimentos, pois eles podem revelar o que há por trás de uma personalidade aparentemente agradável. Quem escolhe mal sempre arca com as consequências de sua escolha: ou o casamento se desfaz, ou são feitas concessões em benefício de uma harmonia que, na maioria das vezes, é só aparente. Uma solução melhor poderia vir do atendimento psicológico ao casal que, percebendo suas falhas, expectativas mútuas e desencontros, teria oportunidade de reformular seu relacionamento.

Não é possível estabelecer fórmulas para uma boa escolha. Ela depende do que se tem a dar e do que se pretende receber no casamento, coisas muito subjetivas. Mas, certamente, amor, estima, respeito, confiança, afinidades e atração sexual são elementos indispensáveis para uma decisão acertada. Se não existirem antes do casamento, dificilmente poderão surgir depois. E o mais importante: ter plena consciência de si mesmo, reconhecendo seus próprios defeitos e qualidades. Só quem se conhece pode saber que espécie de companheiro pretende e em que consiste a felicidade que procura.

E, naturalmente, é preciso considerar que as pessoas mudam com a idade: um jovem idealista e ambicioso, uma mocinha gentil e sonhadora se transformarão quando adultos. Mas nada atrapalhará o casamento se a renovação for tanto do marido quanto da mulher.

#CTA-RELACIONAMENTO