Aprenda a escrever

Para escrever mais e melhor, é preciso entender que o ato da escrita requer um exercício constante de aperfeiçoamento, por isso é importante reescrever o texto quantas vezes for necessário. Há algumas noções importantes a ser observadas a seguir.
A clareza das ideias é obtida com o uso de palavras selecionadas e de construções bem elaboradas, para que o texto se torne conciso, coerente, sem ambiguidades indevidas ou indesejadas.
A originalidade prevalece quando não são usadas formas e frases desgastadas ou quando não são repetidas várias vezes algumas construções no texto, como o emprego excessivo da voz passiva.
É importante escrever com criatividade, escolher palavras sem rebusca-mentos, pedantismos vocabulares ou erudição extremada e evitar modismos, lugares-comuns ou chavões.
Quando para impressionar o leitor recorre-se a termos considerados difíceis, pode-se conseguir o efeito oposto, levando quem lê o texto a acreditar que por trás de tais palavras há pouco conteúdo. E ainda se corre o risco de comprometer a compreensão.
Além desses critérios, para criar um bom texto é necessário adequar a linguagem, observando a finalidade do texto e a intenção comunicativa para que a produção textual atinja, de forma satisfatória, o(s) interlocutor (es).
Nem sempre textos gramaticalmente corretos podem ser considerados bons, e vice-versa. Por exemplo, uma frase de impacto em anúncio publicitário pode apresentar uma construção considerada gramaticalmente incorreta em relação à norma culta mas cumprir a função a que se destina.
Alguns julgam que ler muito capacita a pessoa a produzir bons textos. Porém, a leitura não representa a fórmula ideal para essa produção, embora aumente a capacidade de expressão, enriqueça o vocabulário, amplie o conhecimento e forneça dados e informações.
Saber ler e interpretar grande variedade de géneros textuais, compreender o processo de elaboração de textos, assimilar os recursos de produção e os efeitos significativos são alguns dos meios para criar novos textos com um estilo pessoal.
A maneira como são articuladas as ideias por meio das palavras e das frases e que determina se a estrutura da textualidade foi atingida, ou se, ao contrário, há apenas um amontoado de frases desconexas e não uma unidade de sentido.
Neste blog, serão vistos alguns problemas frequentes de construção do texto e alguns dos principais elementos que estruturam a textualidade.

Textualidade é a relação existente entre ideias e frases que forma um texto com sequência harmónica e organização interna de suas partes.

No Comments

Leave a Reply